L
  • Outro Trabalhador dos Serviços

Leonardo Rocha

Caieiras (SP)
15seguidores16seguindo
Entrar em contato

Comentários

(64)
L
Leonardo Rocha
Comentário · mês passado
@Edu Rc;

Muitos tratam o direito à propriedade como sagrado e absoluto. Existem direitos absolutos e ilimitados? Pensemos por um momento na distribuição de terra no Brasil. Toda a concentração de terras que por séculos houve, muitas vezes pessoas corruptas usando a força para agregar terras ao seu patrimônio, outras vezes com o apoio de uma lei (lei
601/1850) que garantia que pessoas de baixa renda não pudessem ter acesso ao lote mínimo para uma agricultura de subsistência; Comparemos o Texas com nossa realidade, o Texas do Oeste Americano,os Estados Unidos do Homestead Act, e façamos a pergunta: trata-se da mesma sociedade, em que os deveres e direitos são iguais
Quanto ao comentário sobre nossa previdência, o salário dos inativos vem apenas da contribuição dos trabalhadores ativos? Qual o fundamento deste Argumento?
Nossa lei precisa ser vaga e abstrata. Caso contrario teremos o absurdo de restringir as decisões a letra de uma lei que na maioria das vezes é redigida por legisladores que são totalmente alienados do cotidiano do povo, que se esquecem que a vida das pessoas é bem mais complexa que uma dezena ou centena de artigos escritos por homens que se perdem em suas vaidades, e simplesmente não percebem que a sociedade muda, ao contrário de suas ideias seculares e vãs.
L
Leonardo Rocha
Comentário · há 8 meses
@ziha , você leu o comentário? Escolher entre morrer e passar fome...
Você já trabalhou com pessoas em situação de vulnerabilidade social, pessoas que não tem moradia adequada, saneamento básico, pessoas que passam fome (sua alimentação fica aquém das necessidades nutricionais de uma pessoa) e estão nestas condições por falta de escolha? Milhares de pessoas nestas condições, você diz que tudo é uma questão de escolha. Quais as bases do seu argumento? Pesquisas feitas nestes locais, abrangendo todos os moradores? Ou se trata de achismo? 'Eu acho que se trata de escolha'. Você se esquece que adversidades existem, que imprevistos acontecem, que qualquer um, por mais auto-justo que seja, pode de forma inadvertida se tornar um criminoso em sua forma culposa. E que nem todo crime envolve a vida ou patrimônio. É o que diz nosso código penal.

Perfis que segue

(16)
Carregando

Seguidores

(15)
Carregando

Tópicos de interesse

(44)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como Leonardo

Carregando

Leonardo Rocha

Entrar em contato